Divulgação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) confirmaram, nesta quarta-feira (20/05), que vão adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Segundo o governo federal, o adiamento vai ser de 30 a 60 dias das datas previstas no editais.

O Inep reforçou, ainda, que fará uma enquete, durante o mês de junho, para definir as novas datas das provas, na versão digital e impressa. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, já tinha anunciado a pretendia fazer essa consulta, mas ainda admitia que datas pudessem ser mantidas.

Ainda de acordo com o órgão, as datas de inscrição da prova seguem abertas até 23h59 de sexta-feira (22/05). Na última terça-feira (19/05), o Senado aprovou o adiamento do Enem para depois da conclusão do ano letivo. Nesta quarta-feira, foi a vez do ministro da Educação, Abraham Weintraub, ir às redes sociais sugerir que o exame fosse postergado em 30 a 60 dias.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui