Divulgação

A fiscalização da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e Polícia Militar fechou duas queijarias clandestinas em São Miguel, na região norte do estado. Foram apreendidos e destruídos 1,7 mil litros de leite e 152 quilos de queijos, impróprios para o consumo. Os donos dos locais eram reincidentes e acabaram sendo multados em R$ 7 mil cada um.

A operação aconteceu após denúncias anônimas de que os donos das queijarias continuavam produzindo os alimentos de forma clandestina. Segundo a Adapec, os mesmos locais haviam sido interditados em 2016 e 2017 e não se regularizaram.

Os produtos eram comercializados em estabelecimentos da região e na cidade de Imperatriz (MA). Os estabelecimentos não possuíam registro em nenhum órgão de inspeção oficial.

Em uma das queijarias não havia máquina de pasteurização, que é obrigatória para a produção de queijos. Ele utilizava uma bomba não sanitária em contato direto com a matéria-prima, utensílios de madeira na sala de produção e não possuía controle integrado de pragas.

No local foram encontradas moscas dentro e fora da sala de produção e até mesmo no leite pronto para processamento no tanque de fabricação. Também não havia sujeira e movo no ambiente e nos utensílios. Por fim usava rótulos sem identificação de local de produção ou selo de inspeção.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui