A Prefeitura de Guaraí, a 190 quilômetros de Palmas, informou nesta quarta-feira (8) que recebeu 13 novas confirmações de casos de coronavírus entre detentos que estão na Casa de Prisão Provisória da cidade. Com isso o total de pessoas infectadas pela Covid-19 na unidade chega a 47. Entre todos os bairros da cidade, apenas o Centro tem um número maior de casos que o da CPP, são 62 confirmações sendo que 41 pessoas já estão recuperadas.

Ainda de acordo com a prefeitura, o total de novos casos desta quinta-feira é de 28. O município concentra 269 pacientes com a doença e já registrou oito mortes. A Prefeitura disse que 144 pessoas já tiveram alta médica. Não há pacientes hospitalizados, todos os demais estão em isolamento domiciliar.

A questão do coronavírus no ambiente carcerário é alvo da preocupação de especialistas, já que as condições dos presídios facilitam a proliferação da doença.

Em nota a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) disse que até a última segunda-feira (6) 132 pessoas privadas de liberdade haviam testado positivo para o novo coronavírus, destas 81 pessoas foram curadas, 51 estão em tratamento e não houve nem um óbito. Entre os servidores do sistema, 60 pessoas testaram positivo, 47 foram curados, 13 estão em tratamento e 1 servidor foi a óbito.

Segundo a Seciju, em todas as unidades prisionais do Estado, o plano de contenção a proliferação do novo coronavírus no ambiente carcerário suspendeu as visitas, a entrada de alimentos externos, o deslocamento para audiências externas, a movimentação de pessoas privadas de liberdade entre unidades dentro do Estado.

A Secretaria informou que como ações preventivas faz a seleção de unidades específicas para receber novos presos, destinação de celas para custodiar ingressos, higienização e sanitização, uso obrigatório de máscara, realização de testes rápidos e testes laboratoriais para Covid-19, suplementação alimentar, vacinação H1N1 e protocolos sanitários.

Os primeiros casos na CPP de Guaraí foram confirmados em junho. A operação Lockdown, que alterou regras para a entrada de presos no sistema e suspendeu visitas, entrou em uma nova fase nesta quarta-feira (7) com 17 estabelecimentos penais selecionados para receber novos detentos. A CPP de Guaraí não está na lista.

Fonte: G1 Tocantins.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui