Divulgação

Pelo menos sete órgãos já confirmaram participação na Fiscalização Integrada Contra os Incêndios Florestais que começa nesta sexta-feira (25/9). O trabalho vai se estender por todo o final de semana e o alcance vai contemplar o distrito de Luzimangues, as proximidades da cidade de Porto Nacional e ainda as regiões de Barrolândia e Miracema.

A concentração para o alinhamento final das estratégias será às 8h, na Feira Livre de Luzimangues, às margens da TO-080, que liga Palmas a Paraíso do Tocantins. As ações são encabeçadas pelo Comitê Estadual do Fogo, por meio da Defesa Civil Estadual.

“Nosso foco é inibir possíveis surgimentos de focos de queimadas, sejam na cidade ou zona rural, principalmente após as primeiras chuvas na região”, destacou o tenente-coronel Erisvaldo Alves, coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual.

Até então já confirmaram participação também o Corpo de Bombeiros Militar, Naturatins, Exército Brasileiro, Marinha do Brasil, Batalhão de Polícia Militar Ambiental e Ministério Público Estadual.

A Guarda Metropolitana de Palmas – Ambiental, estará na ação, mas atuando na Serra do Lajeado.

O uso do fogo para manejo do solo no Tocantins está proibido desde julho, quando o foi publicada a Portaria nº 84, por meio do Naturatins, suspendendo a emissão de novas autorizações e a vigência de autorizações já emitidas de queima controlada em todo o território o estado. “Mesmo os produtores rurais que possuem a autorização para realizar a queima, não poderão fazê-la até o dia 13 de novembro”, diz o documento.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui