Divulgação

A Polícia Civil fez buscas na casa de um ex-prefeito de São Valério da Natividade, no sudeste do Tocantins nesta sexta-feira (26/06). Davi Rodrigues de Abreu, foi gestor da cidade entre 2004 e 2008, é suspeito de filiar um concorrente político a outro partido sem autorização. Um pré-candidato fez a denúncia após descobrir estar afiliado ao DEM quando consultou o sistema da Justiça Eleitoral.

O pedido para a realização das buscas foi feito pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), que acompanha o caso e apura se houve fraude eleitoral. De acordo com o depoimento dado pelo pré-candidato aos promotores, ele havia sofrido pressão para mudar a filiação partidária, mas tinha se recusado. Quando foi verificar a própria situação, descobriu a alteração.

A mudança foi feita no dia 4 de abril deste ano, quando venceu o prazo de mudança partidária aos políticos que querem disputar as próximas eleições. A mudança inviabilizaria a eventual candidatura do adversário pelo partido da preferência dele.

O homem disse que não assinou nenhuma ficha de filiação e afirma que, se existir qualquer ficha assinada com o nome dele, trata-se de documento falsificado.

Nas buscas, a Justiça determinou que fossem apreendidas fichas de filiação partidária, formulários, requerimentos, documentos em geral e todo material que possa ter relação com os fatos apurados encontrados na casa do ex-prefeito. Ainda não foi informado pelos promotores ou pela polícia se algo foi localizado no local.

O pedido de busca e apreensão foi realizado pelo promotor da 20ª Zona Eleitoral do Tocantins, Mateus Ribeiro dos Reis. O mandado foi expedido pela juíza eleitoral Ana Paula Araújo Aires Toríbio.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui