Reprodução / Sou de Palmas.

Por Ramon Macedo

Um caso chocou os moradores da cidade de Imperatriz, na região sudoeste do Maranhão, nesta terça-feira (04). Uma idosa de 92 anos morreu após a concessionária de energia do estado, a Equatorial Energia, ter cortado a luz elétrica da residência da vítima. A acusação é dos familiares da idosa.

De acordo com informações apuradas pelo Sou de Palmas, a senhora havia acabado de chegar de um tratamento respiratório feito em um hospital público da cidade, e, após liberação dos médicos, voltou para casa a fim de que pudesse repousar e fazer uso do aparelho de nebulização que tinha.

Dois vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que um homem, identificado como sendo o responsável pela idosa, apela para o funcionário da empresa não efetuar o corte, mas desse um prazo de 24 horas para que a conta fosse paga. O homem que gravou os vídeos alegou ainda que só existia uma conta em atraso e a família iria pagar, mas funcionário não atendeu aos apelos. (Veja o vídeo do apelo no final da matéria)

Já o segundo vídeo, mais chocante que o primeiro, mostra a idosa já morta deitada na cama.

A Equatorial Energia se pronunciou em relação ao caso dizendo que até agora não podem atestar que o corte da energia elétrica tenha relação com a morte da senhora.

Confira a nota na íntegra:

A Equatorial Maranhão lamenta o ocorrido no bairro Itamar Guará, em Imperatriz, nesta terça-feira (04). Entretanto, cabe esclarecer que até o momento não é possível atestar qualquer relação entre a suspensão do fornecimento e o fatídico acontecimento. De todo modo, a Equatorial Maranhão, informa que já deu início a ampla e profunda apuração interna e, após a sua conclusão, adotará as medidas administrativas que o caso requer.

ASSISTA OS VÍDEOS:

Para assistir ao segundo vídeo, clique AQUI. (Imagens fortes)


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui