Divulgação

O calor e a falta de umidade que atingem o Tocantins neste período do ano se refletem no consumo de energia elétrica, já que levam as pessoas a usarem mais equipamentos para manter o ambiente agradável. Além disso, os aparelhos elétricos consomem mais energia nos dias mais quentes.

Por exemplo, por mais que você não aumente o tempo de uso do ar-condicionado, nesta época de calor intenso, o aparelho gasta mais energia para deixar o ambiente com a temperatura agradável. Ou seja, por mais que o hábito da família não mude – o que é difícil em virtude da pandemia e ao isolamento social – é possível sentir o aumento no consumo.

“Não podemos imaginar que os aparelhos elétricos que trabalham com refrigeração, como geladeira e ar-condicionado, estão trabalhando da mesma forma nos dias mais quentes. Com as temperaturas altas, esses equipamentos trabalham mais, consomem mais energia para manter o mesmo padrão de funcionamento”, explica o gerente de Serviços Comerciais da Energisa, Mauro Inácio dos Santos.

Por isso é importante utilizar a energia de forma consciente para evitar gastos desnecessários. “Com as famílias em casa durante esse período de forte calor e isolamento social, é fundamental que a utilização dos aparelhos seja bem administrado, e o uso seja de forma consciente, para que isso não pese na conta ao longo do mês”, destaca Mauro.

Veja dicas simples para evitar o aumento de consumo e administrar melhor a conta ao longo do mês:

– Ar-condicionado: os filtros devem ser limpos com frequência. Portas e janelas devem estar sempre fechadas quando o ar estiver ligado. Se possível, priorize a temperatura em 23ºC;

– Chuveiro: priorize a posição “verão”, e evite banhos demorados;

– Geladeiras e freezers: devem ficar, preferencialmente, o mais longe possível do fogão, fornos e outras fontes de calor. A borracha de vedação da porta precisa estar em boas condições para o ar frio não escapar. As prateleiras devem ficar sem forros e é necessário evitar o abre e fecha. Avalie se o uso do freezer é realmente necessário neste período;

– Ventiladores: devem permanecer ligados apenas quando alguém estiver usando. Deixar o ventilador ligado com antecedência para tentar refrescar um ambiente, não funciona, só serve para desperdiçar energia;

– Iluminação: quanto mais luz natural, melhor. Lâmpadas de LED são as mais econômicas;

– Aparelhos em stand-by: em geral, luzes indicativas acessas significam desperdício de energia. É mais econômico retirar os aparelhos da tomada;

– Ferro de passar roupa: ao pendurar as roupas para secar, utilize cabides, isso reduz o tempo para passá-las. Sempre tente estender as roupas para secar de forma que não formem dobras. E quanto mais roupa acumulada, melhor. Peças grandes, como lençóis e toalhas, podem ser esticadas por baixo das demais na hora de passar.

No site da Energisa (www.energisa.com.br) é possível conhecer outras dicas de economia e também utilizar o simulador de consumo que permite estimar o custo em reais de cada equipamento, dependendo da potência e do período utilizado.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui