Divulgação

O mês de abril é dedicado a Conscientização do Autismo e neste momento de Pandemia da Covid-19 traz-se para a reflexão dificuldade das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) se manterem em isolamento e distanciamento social para combater a transmissão do Coronavírus, visto que a mudança de rotina pode trazer prejuízos a essas pessoas que têm a organização como um fator importante para a sua qualidade de vida.

Mãe de D.T.O.D, de 24 anos, Rosa de Oliveira Penha Davi, fala dos desafios para cumprir a risca as recomendações em resposta à pandemia do Covid-19 devido ao filho apresentar o transtorno na síndrome de Asperger que, apesar de ser o mais leve, pode levar a depressão. “Ele não compreende muitas vezes a extremidade do isolamento social e não gosta de ser contrariado, então, procuramos constantemente fazer jogos de tabuleiro como forma de manter a atividade intelectual dele que é elevada, além de filmes que ele gosta muito para mantê-lo entretido e tentar amenizar e compensar os efeitos gerados pelas medidas recomendadas”, relatou.

Atenta à causa, a Gerência de Diversidade de Inclusão Social da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), está fazendo uma campanha de conscientização e de reforço sobre os cuidados para evitar a disseminação do Covid-19 para pessoas com esse transtorno junto à rede de garantia de direitos de pessoas autistas. Além disso, baseado em manuais do Ministério da Saúde, traz uma explanação sobre o transtorno, seus efeitos, alguns meios de tratamento para diminuir os sintomas durante a pandemia e informações sobre onde procurar apoio. “Informações estão sendo amplamente divulgadas como meio de reforçarmos a importância do isolamento social, os cuidados com a higiene pessoal e cuidado com o próximo em atenção à todas as recomendações do Ministério da Saúde (OMS) e da Organização Mundial da Saúde (OMS)”, ressalta a gerente de Diversidade de Inclusão Social, Nayara Brandão.

O que é o autismo

O Transtorno de Espectro Autista (TEA) é caracterizado por padrões de comportamento repetitivos e por comprometimento no comportamento social, na comunicação e na linguagem. Pessoas com esse transtorno podem apresentar distúrbio do neurodesenvolvimento, por isso geralmente têm dificuldades nas relações afetivas e sociais, além de outras condições que comprometem a saúde do autista como: epilepsia, depressão, ansiedade,déficit de atençãoe hiperatividade. Com isso, estão mais suscetíveis à contaminação por vírus e bactérias por estarem no grupo de risco e apresentarem imunidade baixa devido a restrições alimentares.

Não há exames específicos para se fazer o diagnóstico, logo é preciso passar por uma avaliação com uma equipe de médicos e observar a existência de alguns comportamentos e sinais específicos ao espectro que as crianças podem apresentar logo cedo, logo nos dois primeiros anos de idade.

Tipos

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, o autismo pode apresentar o nível leve, moderado e severo, e ser classificado, respectivamente, em Síndrome de Asperger, Transtorno Invasivo do Desenvolvimento e Transtorno Autista. Dependendo do grau, o autista pode viver de forma independente, enquanto outros necessitam de cuidados ao longo da vida.

Classificação do TEA

Síndrome de Asperger – É a forma mais leve do espectro autista e é chamado por alguns médicos de Autismo de Alto Funcionamento, em virtude desse grupo de autistas apresentarem inteligência acima da média, manterem um interesse excessivo por algo que gostam e são os mais suscetíveis a desenvolverem ansiedade e depressão, segundo os diagnósticos médicos.

Transtorno Invasivo do Desenvolvimento – Esse tipo é um pouco mais grave e atinge principalmente a interação social da pessoa autista e apresentam menos comportamentos repetitivos.

Transtorno Autista – É o mais grave, comprometendo bastante a interação social, a parte cognitiva e linguística do autista.

Características comuns

Apresentam isolamento mental, daí o nome autismo, dificuldades nos relacionamentos sociais, na comunicação, distúrbios no sono, comportamentos repetitivos, ansiedade, fixações e fascinações altamente direcionadas e intensas, gostam de rotinas e rituais e apresentam a hiperatividade.

Tratamento

Por ser considerado um transtorno multifatorial, a causa mais comum apontada para o TEA é a genética e não tem cura, porem dependendo do nível, a pessoa pode viver normalmente, sendo necessário fazer acompanhamentos com equipe multidisciplinar de profissionais como psicoterapeuta, médico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional e médico.

A alimentação também está intimamente ligada a manifestação dos sintomas do autismo. Segundo os médicos, a recomendação é manter uma dieta com algumas restrições alimentares como proteína, leite e glúten no controle do espectro.

Dados

Segundo a Organização Mundial da Saúde (ONU), estima-se que aproximadamente 70 milhões de pessoas tem o transtorno. A celebração do Dia Mundial da Conscientização do Autismo foi criada pela própria ONU em 18 de dezembro de 2007 para chamar a atenção dos governantes quanto a necessidade de políticas públicas de inclusão e respeito a esse grupo numeroso, sendo celebrada no dia 2 de abril.

Pontos de Apoio no Estado do Tocantins

. Associação Anjo Azul – (63) 98404-8631

. Centro Especializado de Reabilitação III (CER III), que abrange as regiões de saúde do Cantão, Ilha do Bananal, Capim Dourado, Amor Perfeito e Sudeste.

Endereço: 203 sul, Av LO-05 APM-02 – Plano Diretor Sul, Palmas – TO, 77017-260 / Telefone: (63) 3218-1750

. CER II Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Colinas do Tocantins, que compreende as regiões de saúde Cerrado Tocantins Araguaia, Médio Norte Araguaia e Bico do Papagaio.

Endereço: Rua 23 A 1300 Qd 03 – St. Oeste, Colinas do Tocantins – TO, 77760-000 / Telefone: (63) 3476-1564

. Centro Especializado em Reabilitação – CER II – Colinas

Rua 14, S/N quadra 03 – St. Oeste, Colinas do Tocantins – TO, 77760-000 / Telefone: (63) 3476-1471

. Clínica Escola e Associação Mundo Autista em Araguaína – R. José Elías Rosa, 151-101 – São João, Araguaína – TO, 77807-025


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui