Divulgação

A Caixa Econômica Federal anunciou nessa quarta-feira (22/7) que vai pedir documentos pelo aplicativo Caixa Tem para desbloquear contas do auxílio emergencial de R$ 600 por causa de inconsistências no cadastro.

Na prática, a Caixa bloqueou centenas de milhares de contas por suspeitas de fraudes. Pouco menos da metade (49%), no entanto, apresentaram problemas que podem ser resolvidos sem a necessidade de ir a agências. “Nesse grupo de 49%, a gente está falando: não precisa ir para a agência, porque a gente vai resolver pelo celular, pelo aplicativo. Isso foi um golaço. Por que? Porque ele vai mandar os dados de novo pelo aplicativo”, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, em entrevista.

A Caixa informou que essa parcela, na realidade, tem uma “inconsistência cadastral”. Para isso, é possível realizar a partir desta quinta-feira (23/7) a atualização do cadastro pelo próprio aplicativo.

É necessário realizar um novo acesso no Caixa Tem e enviar a documentação, de forma digital. “Para finalizar a validação, vamos precisar que envie seus documentos pelo WhatsApp”, informa o aplicativo.

O restante das contas bloqueadas (51%) foram consideradas com forte suspeita de fraude e, por isso, há a necessidade de que a pessoa compareça a uma agência da Caixa para comprovar ser o autor do pedido.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui