Divulgação

Os cães do Corpo de Bombeiros ajudaram a encontrar uma mulher, de 46 anos, que estava desaparecida por 24 horas, em meio a uma mata no assentamento Só Se Vendo, em Nova Rosalândia, região central do estado. Marivane Barbosa da Silva se perdeu no domingo (05/07), em uma área alagada, próximo ao assentamento. Os familiares deram por falta da mulher e começaram as buscas. Depois de 20 horas, chamaram o Corpo de Bombeiros.

Com apoio dos cães Ulf e Sky, a equipe composta por três integrantes fizeram a varredura da área em uma hora e meia.

Segundo o sargento Raphael Mollo, chefe da equipe, a estratégia foi verificar o mapa da região e preparar o cão Ulf com a técnica chamada de odor específico. “Apresentamos a ele o odor da vítima através de um artigo coletado no quarto dela e deixamos o cão trabalhar”, explicou. Já na mata, Ulf chegou a uma área alagadiça e ali se manteve farejando, dando sinais de que Marivane poderia estar por perto.

A segunda etapa das buscas seria realizada pela cadela Sky, mas a mulher apareceu onde os militares estavam. Segundo o sargento, Marivane estava desidratada e desorientada. A mulher foi socorrida pela equipe e familiares e levada para a casa. “Ela nos contou que só conseguiu encontrar o caminho de volta após ouvir a nossa movimentação com os cães na área alagada”, frisou o sargento.

Familiares e vizinhos relataram que não fizeram buscas na mata, pois a mulher não tinha costume de entrar no local sem a companhia de alguém.

A orientação em que em caso de desaparecimento, os militares sejam chamados o mais rápido possível. “Quanto mais rápidos somos acionados, melhor é a eficácia dos cães nas buscas. Em caso de desaparecimento, pedimos que nos acionem o quanto antes. Não precisa esperar 24 horas para fazer o acionamento. Se tem total certeza que alguém sumiu, já nos chamem.”

Em novembro de 2019, a cadela Sky se tornou o primeiro cão da região norte do país a obter o certificado nacional reconhecendo habilidades para buscas em estruturas colapsadas. A conquista ocorreu em São Luiz (MA), durante o Seminário Nacional de Bombeiros (Senabom). Com a aprovação, ela está apta a participar de resgates em todo país.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui