Divulgação

A Caixa Econômica Federal ampliou, nesta sexta-feira (28/8), o prazo de pausa no pagamento das dívidas de pessoas físicas e empresas. O prazo agora é de 180 dias e os clientes que já tiveram a pausa de 90 dias concluída ou em andamento podem solicitar a prorrogação, além das novas solicitações.

A medida vale para empréstimo pessoal (CDC), renegociações, microcrédito e demais operações de crédito. Com a pausa, os valores das demais prestações serão alterados e os juros do período pausado serão distribuídos pelas demais parcelas, aumentando o valor mensal pago.

No caso de empréstimos com atraso, o tempo pausado considera as parcelas atrasadas e os encargos, que também serão incorporados ao saldo devedor. A medida só vale para contratos com atraso de até 50 dias.

De acordo com o presidente da instituição, Pedro Guimarães, o objetivo é facilitar o planejamento familiar durante a pandemia do coronavírus. “A Caixa estendeu a pausa para todos os segmentos de crédito como mais uma medida importante no suporte às famílias brasileiras”, disse.

A Caixa esclareceu ainda que não fará a prorrogação do prazo de maneira automática, sendo necessária a manifestação do cliente.

Como solicitar

Para pausar o pagamento das dívidas de até três parcelas, basta solicitar pelo Internet Banking Caixa ou pelo aplicativo da Caixa. Selecione a opção “crédito” e em seguida “pausar contratos”.

Para o pedido de pausa de até seis parcelas, é necessário ligar no 0800 726 8068, opção 2, ou falar no WhatsApp pelo número 0800 726 0104. Nas solicitações de Construcard e Crédito Auto, o pedido é feito exclusivamente pelo WhatsApp.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui