A partir desta segunda-feira (31), todos os inscritos no Bolsa Família estão autorizados a sacar a 5ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (ou R$ 1.200 para mulheres chefe de família). O auxílio foi liberado para os beneficiários que têm o NIS (Número de Identificação Social) terminado em zero —o último grupo que faltava dentro do Bolsa Família.

Hoje não há pagamento de nenhuma parcela para quem não é do Bolsa Família. Amanhã (1º), nascidos em agosto receberão autorização para sacar ou transferir a parcela que foi depositada na poupança digital em 14 de agosto. Confira aqui detalhes do calendário para o público geral.

Quem está no programa Bolsa Família e preenche os requisitos para receber o auxílio emergencial não acumula os dois pagamentos. Recebe apenas o que for de maior valor.

Como sacar

Os beneficiários do Bolsa Família podem sacar o valor do auxílio por meio do cartão do Programa Bolsa Família, Cartão Cidadão ou por crédito em conta da Caixa.

O auxílio emergencial aprovado em abril previa três parcelas de R$ 600 (ou R$ 1.200 para mulheres chefe de família). O governo federal prorrogou o programa por dois meses, totalizando cinco parcelas.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui