O auxílio emergencial será de R$ 300 por mais 4 meses. É o que informou o presidente Jair Bolsonaro na manhã desta terça-feira, 01.

O valor do benefício, criado para anteder trabalhadores informais que perderam renda em razão da pandemia do novo coronavírus, foi anunciado após reunião do presidente com ministros e parlamentares aliados no Palácio da Alvorada.

Ao propor o benefício, o governo definiu o valor de R$ 200, porém o Congresso elevou o auxílio a três parcelas de R$ 600 mensais, pagos a partir de abril.

O auxílio foi prorrogado uma primeira vez por mais duas parcelas de R$ 600 e, nas últimas semanas, as alas política e econômica do governo discutiram o novo valor do benefício.

Reforma administrativa

O presidente também informou que a reforma administrativa vai ser enviada ao Congresso na quinta-feira (3).

“Encaminhar na quinta feira a reforma administrativa que fique bem claro, não atingirá nenhum dos atuais servidores. Ela se aplicará apena aos futuros servidores concursados”, afirmou Bolsonaro.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui