Divulgação

O júri popular de Iury Italu Mendanha foi marcado para o dia 26 de novembro de 2020, na 1ª Vara Criminal da Comarca de Palmas. Ele é acusado de matar jovem Patrícia Aline dos Santos em Palmas em agosto de 2018. O crime chocou o estado e ganhou repercussão nacional após a divulgação de mensagens em que ela contava para uma amiga que tinha medo de ser morta pelo ex-namorado.

A investigação da Polícia Civil aponta que a vítima foi executada por ciúmes. O corpo de Patrícia foi encontrado no dia 8 de agosto em um matagal próximo a um shopping center da capital.

A Polícia Civil concluiu que ela ainda estava viva quando foi deixada no local por Iury e que ficou agonizando durante algum tempo antes de morrer. A jovem foi executada a tiros.

Quando foi preso Iury Italu chegou a confessar o assassinato e até deu detalhes de como tudo aconteceu. O amigo dele, Silas Barreiro Borges dos Santos, que teria testemunhado a morte e ajudado na fuga, responde a outras acusações em separado, mas não foi acusado do feminicídio.

Atualmente, Iury Italu está detido na penitenciária de Pium e passa os dias cumprindo as atividades normais com outros detentos e também fazendo artesanato com barbantes.

Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui