Divulgação

O Governo Federal liberou que os trabalhadores saquem até R$1.045 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A regra vale para quem estiver com conta ativa (emprego atual) e inativa (empregos anteriores). Independente disso, o máximo para saque é até um salário mínimo atual.

Mas o que acontece com quem recebe menos de R$ 1.045? É possível sacar o saldo total?

O Governo não estabeleceu um mínimo que pode ser sacado no FGTS emergencial, apenas dispôs sobre o valor máximo, ou seja, no valor de até R$1.045. O total liberado é pelo total de contas. Ninguém poderá tirar mais de R$ 1.045, ainda que tenha duas ou três contas com valores superiores a essa quantia.

Segundo o governo, cerca 30,7 milhões de trabalhadores vão poder sacar todo seu recurso no FGTS (50,5% do total). Até 80% das contas serão zeradas com o saque.

Um total de R$ 16 bilhões serão liberados para 45,5 milhões de trabalhadores que têm até 5 salários mínimos de saldo no FGTS.

Como fazer a consulta ao saldo do FGTS?

  1. Para saber o valor disponível da conta do FGTS, é necessário entrar no site da Caixa ou baixar o aplicativo do FGTS, disponível para celulares tablets.
  2. Após isso, o usuário deverá acessar o site da Caixa, será pedido para que você insira o número do NIS (Número de Identificação Social) ou o CPF e depois clique em cadastrar a senha.
  3. Quando fizer o cadastro da senha, leia o regulamento que vai aparecer na tela e clique em aceito.
  4. Após isso, preencha com os dados pessoais que serão requeridos.
  5. Para finalizar o cadastro, crie uma senha com no máximo 8 dígitos, misturado letras e números e confirme.
  6. Por fim, você retornará para a tela inicial, onde deve colocar os dados do login que você acabou de criar.

Aqueles que já possuem cadastro deve utilizá-lo para fazer login no site ou no app.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui