Divulgação

O governo estadual decidiu usar carros de som para orientar que os moradores permaneçam em casa durante a pandemia de coronavírus. Conforme a Secretaria de Comunicação, os veículos estão circulando tanto nas principais cidades quanto em localidades mais afastadas que não recebem sinal de TV local.

O isolamento social tem sido apontado pelas autoridades como a forma mais eficaz de frear o avanço do vírus. A mensagem dos carros de som é focada nesta medida: “Faça sua parte, fique em casa e evite aglomerações. Não saia às ruas, juntos vamos vencer essa guerra.”

Segundo o secretário, está será a principal mensagem nos próximos dias. “Nós estamos mudando o conteúdo da mensagem, a mídia que circulou nos últimos dias falava sobre a pandemia, os sintomas da doença e as medidas tomadas pelo governo. Agora, a gente vai entrar com a nova mensagem porque o mais importante para evitar a contaminação é que as pessoas fiquem em casa”, explicou.

Apesar de ser uma ferramenta que pode ser considerada antiga, levando em consideração a era da internet e dos aplicativos, os carros de som ainda podem ser muito eficazes em áreas mais afastadas e em comunidades mais carentes.

“Priorizaram as cidades do interior e Palmas, por ser a mais populosa. Estão percorrendo a região do Bico do papagaio, Gurupi, Paraíso e Porto, além de cidades que não chegam o sinal de TV local. É uma situação emergencial e o que vai dando resultado a gente vai investindo porque agora uma das principais formas de combate é a informação”, afirmou.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, o Tocantins apresenta cinco casos confirmados da doença e 64 casos suspeitos. O governo avaliou que os números estão baixos em comparação com outros estados e crescendo lentamente devido às medidas de restrição que foram tomadas.

“O isolamento social dos tocantinenses é a principal arma para que o crescimento continue lento, de forma que o sistema de saúde possa tratar a todos os que tiverem necessidade de atendimento especializado, à medida que se fizer necessário”, afirmou o governo em nota.

Mesmo com a recomendação de evitar aglomerações, muitas pessoas tem descumprido as restrições. Ações de fiscalização foram realizadas em Palmas durante o fim de semana para fechar estabelecimentos estavam abertos. Além disso, um homem foi detido em Talismã, no sul do estado, por desrespeitar a quarentena obrigatória após chegar de viagem a São Paulo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui