Os dois ciclistas que morreram após serem atropelados por um carro na tarde deste sábado, 08, no km 25 da TO-010, entre Palmas a Lajeado, foram identificados. As vítimas fatais do acidente são: Valdonez Sobreira de Lima, de 47 anos, e Thiago Germano Santos, de 34 anos.. Os corpos já foram encaminhados para o IML da Capital.

Os dois exerciam a advocacia em Palmas e costumavam a pedalar juntos. Nas redes sociais, Thiago e Valdonez costumavam compartilhar fotos da prática de pedal por vários lugares.

Segundo as primeiras informações, as vítimas percorriam a rodovia com sentido a Lajeado e foram atingidas por trás. Após a colisão, os dois foram arremessados a cerca de 100 metros de distância.

Ainda não há informações sobre as causas e outros detalhes do acidente. A TO-010 é bastante movimentada e dá acesso a várias chácaras localizadas à beira do lago.

A prática do pedal ganhou mais adeptos em Palmas e no interior do estado, principalmente durante a pandemia. Ciclistas percorrem as avenidas e rodovias que dão acesso à capital. Essas não são as primeiras mortes registradas esse ano.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Tocantins, lamentou as mortes e decretou luto de três dias em homenagem aos advogados, amigos e familiares. “Que Deus conforte familiares e amigos nesse momento de profunda tristeza e saudade”.

Em 10 dias, outros dois ciclistas também perderam a vida no TO

A Polícia Militar informou que a carreta seguia no sentido Palmas – Paraíso, quando perdeu o controle e atingiu os ciclistas. Com o impacto, um deles teve o corpo carbonizado e uma das pernas amputadas.

Após o atropelamento, o caminhão bateu na encosta da serra e pegou fogo. As chamas também atingiram a vegetação nas margens da rodovia, mas foram controladas pelos brigadistas florestais. Os bombeiros informaram que o motorista não foi encontrado no local.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui