Jornalista Maju Cotrim em vídeo da campanha #HorrorÉSeuRacismo.

Por Kelley Estela

A jornalista do Portal Gazeta do Cerrado, Maju Cotrim, foi alvo de comentário racista após colocar nas redes sociais um vídeo falando sobre as medidas que o Governo do Tocantins tomaria contra o coronavírus. Na postagem, uma internauta faz o seguinte comentário: “Penteia-te mulher, que horror de cabelo”. Após essa situação, o Gazeta lançou a campanha #HorrorÉSeuRacismo, onde várias mulheres aparecem com seus cabelos segurando uma plaquinha com a hashtag.

Em vídeo da campanha a jornalista declara: “É inadmissível que em meio a uma pandemia de coronavírus, o cabelo de uma profissional chame mais atenção que os riscos que o mundo passa nesse momento. […] O que eu tenho que fazer todos os dias, não é pentear ou não o cabelo, é levar as informações com a responsabilidade e a credibilidade que a população exige e merece”. (Print do comentário ofensivo abaixo)

Foto: Reprodução

O Portal Sou de Palmas é contra qualquer forma de racismo e opressão. A estudante de jornalismo e integrante da equipe Sou de Palmas, Kelley Estela, reforça que o cabelo seja ele crespo ou cacheado é parte da identidade das pessoas negras e merece respeito como qualquer outro: “Nossos cabelos representam nossa identificação com nossas origens africanas ancestrais, por muito tempo o racismo tentou apagar nossos traços e negar nossa beleza mas estamos resgatando isso e nenhum comentário racista irá mudar isso”.

Kelley Estela, do Portal Sou de Palmas na campanha #HorrorÉSeuRacismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui