Divulgação

O novo ajuste na tarifa de energia elétrica do Tocantins passa a valer a partir do próximo sábado (04/07). Os percentuais variam entre 1,79% até 8,54% dependendo do tipo de consumidor e os moradores devem prestar atenção no consumo para evitar surpresas na hora de pagar a conta.

A Energisa Tocantins esclareceu que os consumidores residenciais urbanos, chamados de Grupo B1, vão ficar com o percentual de reajuste de 7,83%. Já o percentual de 8,54% será aplicado aos consumidores cativos de baixa tensão média. Este grupo inclui os consumidores da zona rural (inclusive cooperativas de eletrificação, indústrias rurais e serviço público de irrigação), assim como pequenos comerciantes.

Para as grandes indústrias, que têm consumo médio de alta tensão, o percentual é menor, de 1,79%. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) calcula o impacto médio para o consumidor em 7,17%.

Nesta quarta-feira (1º), durante um Workshop com jornalistas, a Energisa admitiu que houve crescimento nos índices de inadimplência durante a pandemia, após a regra que proibiu desligamentos por falta de pagamento ser aprovada. A empresa, entretanto, descartou qualquer risco para o sistema elétrico de forma geral. Os índices específicos não foram divulgados.

Em nota divulgada na terça-feira (30) a empresa disse que a homologação da Revisão Tarifária é um processo regulado pela Aneel, previsto no contrato de concessão da empresa. Segundo a empresa, a revisão tarifária periódica ocorre a cada quatro anos, em média, com o objetivo de preservar o equilíbrio econômico financeiro da concessão, bem como garantir o aumento da eficiência e da qualidade do serviço de distribuição de energia elétrica para a população.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui