Divulgação

A quantidade de motoristas multados por dirigir usando o celular em Palmas aumentou em 40% entre 2018 e 2019. O número subiu de 815 para 1.146 em um ano. A infração é uma das principais causas de acidentes na capital.

De acordo com o código de trânsito, esta atitude é uma infração gravíssima e custa R$ 293,47, além de sete pontos na carteira de habilitação. “Eu fui parar, sinalizei, liguei o pisca alerta. Aí quando fui ver ele [o outro motorista] bateu com tudo atrás. Eu só senti o impacto. O rapaz pagou uma parte mas eu estou arcando com o prejuízo maior”, conta o engenheiro Diego Abreu.

“Nós verificamos a necessidade de intensificar a fiscalização e estamos fazendo isso em pontos fixos direto, principalmente nos horários de rush”, explica a gerente de fiscalização do trânsito em Palmas, Junia Ferreira.

“Se fosse uma pessoa atravessando, o dano é irreparável”, comenta Diego. “Não faço, mesmo porque eu vim de Paraíso para cá, Palmas. O trânsito aqui é bem diferente, mais complicado, o fluxo é maior e tem a questão dos pardais, das multas”, comenta a dona de casa Fábia Gil.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui