Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (22/7), os policiais penas do Tocantins realizaram uma manifestação cobrando o Governo Estadual o pagamento dos direitos trabalhistas que a classe tem direito previsto em estatuto. O protesto teve início em frente à Casa de Prisão Provisória de Palmas, então os policiais seguiram em comboio passando pela Avenida Teotônio Segurado dando a volta na Praça dos Girassóis e encerrando em frente à Secretaria de Cidadania e Justiça.

No percurso do comboio, os Policiais pararam frente ao Tribunal de Justiça, agradeceram à isonomia dos juízes e desembargadores que já concederam o direito de hora extra e periculosidade. “Hoje estamos aqui para parabenizar os juízes do Estado, que são justos quando o estado falha, mesmo havendo injustiça pelo Governo, fazem com que a lei seja cumprida”, disse usando um microfone ligado a um carro de som o Policial Penal, Willian Borges.

Logo após a fala, o servidores se direcionaram para a Secretaria de Cidadania e Justiça, se reuniram no local e continuaram pedindo para que o Governo honrasse os direitos trabalhistas da classe e pedindo a saída do Secretário da pasta.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui