Divulgação

O Tribunal de Justiça do Tocantins informou nesta quinta-feira (15/10) que suspendeu a consulta pública de processos após identificar lentidão no sistema Eproc. A suspensão seguirá até 23 de outubro para que a equipe de informática do TJ possa corrigir o problema. Essa é a terceira vez que o recurso é bloqueado em 2020.

De acordo com o TJ, a lentidão ocorreu no período das 12h às 20h, da ultima terça-feira (13), e foi causada pelo grande volume de consultas publicas que estavam sendo realizadas.

A suspensão da consulta pública não vai prejudicar o acesso de quem possui senha para entrar no Eproc, como os juízes, advogados, promotores, defensores e servidores da Justiça, por exemplo.

Segundo o Judiciário, assim que o problema for resolvido o recurso da consulta pública será disponibilizado, podendo ocorrer até antes do prazo estipulado.

Esta não é a primeira vez que a consulta pública ao sistema processual do Tocantins é suspenso. Em 2020 ocorreram duas suspensões após “ataques de robôs”. No início do ano o recurso ficou indisponível por vários meses. Em agosto, o problema teria começado após a senha de um advogado ser repassada para uma empresa.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui