Divulgação

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) decidiu anular parte das provas do concurso unificado para as prefeituras de Palmeirópolis, Jaú do Tocantins e São Salvador do Tocantins. A banca organizadora encontrou irregularidades nas avaliações aplicadas para os candidatos de três cargos: psicólogo, técnico dos sistemas socioassistênciais e técnico de nível superior dos sistemas socioassistenciais.

Os inscritos para disputas as vagas destes três cargos poderão fazer uma nova prova, sem custo adicional, no dia 8 de março de 2020. Para os demais cargos, não houve alteração e o cronograma segue normalmente.

Segundo o comunicado divulgado pela Unitins, no prova para psicólogo foram constatadas divergências nos modelos de exame aplicados aos candidatos. Já nas outras duas provas, as questões não obedeciam ao que estava previsto no conteúdo programático do edital. Os problemas foram descobertos após os candidatos apresentarem recursos contra o resultado parcial do concurso.

Segundo o edital, o certame oferece 166 vagas imediatas e mais 377 para cadastro reserva. Os cargos são para nível fundamental, médio e superior. As provas foram aplicadas no último dia 26 de janeiro.

A Unitins disse que a medida foi tomada para garantir a isonomia e não prejudicar os candidatos. A banca destacou ainda que é dos inscritos a responsabilidade pro acompanhar os atos publicados na página de acompanhamento do certame na internet.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui