O Boletim Epidemiológico desta quinta-feira, 06, trouxe mais três óbitos por complicações decorrentes da Covid-19 em Palmas. O município soma 56 mortes causadas pela doença e a taxa de letalidade agora é de 0,9%. A Capital também contabiliza 309 novos casos da doença após realizar 1.294 testes na última rotina de exames. É o maior número de casos registrados e testes realizados em um único dia desde o início da pandemia.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, o 54º óbito trata-se de uma mulher de 20 anos que estava internada em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pública da Capital, vindo a falecer no último dia 20 de junho. O caso estava em investigação e aguardando laudo de confirmação para Covid-19.

A 55ª morte por Covid-19 em Palmas é de um homem de 78 anos. Ele sofria de hipertensão, insuficiência renal crônica e estava hospitalizado em leito de UTI de hospital público do município. Já o 56º óbito registrado em Palmas é de um homem de 42 anos. O paciente tinha asma, obesidade e estava hospitalizado em UTI de hospital público de Palmas. Ambos faleceram nesta quarta-feira, 05.

O Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE Palmas) revela que Palmas soma 6.362 casos acumulados de Covid-19. Desse número, 3.721 pacientes estão recuperados, 2.527 estão isolados e 58 estão internados. O município tem 32.519 notificações para síndrome gripal, cuja 11.289 diagnósticos foram descartados para a doença.

Testes

Em Palmas, 1.294 pessoas foram testadas em exames para diagnóstico e rastreio. A Vigilância Epidemiológica informa que testes para rastreio são realizados em trabalhadores da saúde, segurança pública e nas unidades prisionais para descobrir novos casos e apontar a quantidade de moradores que já tiveram contato com o vírus.

O Laboratório Municipal de Palmas realizou 793 testes para rastreio, sendo que 34 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus. Para diagnóstico, o Laboratório Central do Estado (Lacen) testou 213 pacientes e 45 tiveram confirmação para o vírus. O Laboratório Municipal processou 52 testes e 37 tiveram diagnóstico positivo. Uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) testou quatro pacientes que tiveram confirmação do diagnóstico para o coronavírus. Já a rede privada e as farmácias realizaram testes em 232 pessoas, 223 foram confirmadas para a doença.

Internações

A taxa de ocupação hospitalar de Palmas é de 72,9%. Os leitos clínicos públicos e privados estão 63,9% ocupados. Já as instalações de leitos de Unidade de Terapia (UTI) estão 81,6% ocupadas.

Estado de saúde

O Boletim informa que dos 58 residentes de Palmas internados com Covid-19 no município, 24 são graves e 34 são estáveis. Outros 12 moradores da Capital estão internados com suspeita para a doença.

Sobre pacientes de outras localidades internados em Palmas, o Boletim revela que 36 encontram-se hospitalizados na Capital com o vírus, sendo 31 graves e cinco estáveis, além de outros quatro pacientes internados com suspeita para a doença.

Forma de Contágio

A respeito das possíveis fontes de contágio do total acumulado, o COE Palmas aponta que 3.315 (52,1%) contaminaram-se por transmissão comunitária, 2.324 (36,5%) tiveram contato com casos confirmados em Palmas, 327 (6,2%) estão em investigação epidemiológica, 178 (2,8%) contraíram o vírus após viagens para o interior do Tocantins, 141 (2,2%) foram infectados após viagem ou contato com casos de outros estados, e sete (0,1%) estiveram em viagem no exterior.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui