O Boletim Epidemiológico de Palmas, desta segunda-feira, 10, trouxe mais 153 casos novos de Covid-19 na Capital que soma, até o momento, 7.138 casos confirmados (acumulados) da doença. Do número, 4.100 estão recuperados, 2.907 cumprem isolamento domiciliar, 71 estão internados e 60 vieram a óbito. A taxa de letalidade em Palmas é de 0,8%.

O Boletim desta segunda traz também a análise detalhada sobre os óbitos ocorridos na Capital, síntese dos testes oferecidos e uma linha do tempo do combate à pandemia. Veja em Saiba mais.

Conforme o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE Palmas Covid-19), o Município totaliza 35.141 notificações para síndrome gripal, onde estão incluídos também os casos suspeitos para Covid-19, sendo que 12.008 foram descartados para a enfermidade.

Na última rotina de exames, 399 pessoas foram testadas na Capital. O Laboratório Central do Estado (Lacen) fez 82 exames e teve 40 diagnósticos positivos. O Laboratório Municipal de Palmas testou 17 pessoas e uma teve resultado positivo. Uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) testou um paciente que teve confirmação do diagnóstico para a doença. Já a rede privada realizou 299 testes e 111 pessoas foram confirmadas para a doença.

Internações

Conforme o Boletim, a taxa de ocupação hospitalar de Palmas é de 75,9%. Os leitos clínicos públicos e privados estão 74,2% ocupados. Já os leitos de Unidade de Terapia (UTI) estão 77,5% ocupados.

Estado de saúde

Segundo o COE, dos 71 residentes de Palmas internados com Covid-19 no município, 33 são graves e 38 são estáveis. Outros 11 moradores da cidade estão internados com suspeita para a enfermidade.

No que diz respeito a pacientes de outras localidades internados em Palmas, 50 encontram-se hospitalizados na Capital com o vírus, sendo 40 graves e dez estáveis, além de outros dois pacientes internados com suspeita para a doença.

Forma de contágio

Sobre fontes de contágio do total acumulado, o COE Palmas aponta que, possivelmente, 3.968 (56.4%) contaminaram-se por transmissão comunitária, 2.529 (35,9%) tiveram contato com casos confirmados em Palmas, 176 (2,5%) estão em investigação epidemiológica, 197 (2,8%) contraíram o vírus após viagens para o interior do Tocantins, 161 (2,3%) foram infectados após viagem ou contato com casos de outros estados e sete (0,1%) estiveram em viagem no exterior.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui