Terça, 21 de maio de 2019
63 9 8118-6018
Brasil

15/05/2019 às 08h33

157

Redação Sou de Palmas - A sua fonte de notícias!

Palmas / TO

Bolsonaro desembarca hoje em Dallas para encontro com George W. Bush
Bolsonaro embarcou na Base Aérea de Brasília nesta terça-feira (14), por volta de 23h. A agenda do presidente diz que ele irá, às 15h, se encontrar com Bush, que governou os Estados Unidos entre 2001 e 2009 e adversário do atual Donald Trump, de quem Bolsonaro tem se aproximado.
Bolsonaro desembarca hoje em Dallas para encontro com George W. Bush
Divulgação

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), desembarca nesta quarta-feira (15) em Dallas, nos Estados Unidos. Ele irá receber, no dia seguinte, o prêmio “Pessoa do Ano”, pela Câmara de Comércio Brasil-EUA, mas o ponto alto de sua visita, prevê a agenda, será o encontro com o ex-presidente George W. Bush, a ser realizado ainda na tarde desta quarta-feira (15).


Bolsonaro embarcou na Base Aérea de Brasília nesta terça-feira (14), por volta de 23h. A agenda do presidente diz que ele irá, às 15h, se encontrar com Bush, que governou os Estados Unidos entre 2001 e 2009 e adversário do atual Donald Trump, de quem Bolsonaro tem se aproximado.


 “Esse encontro demonstra como o nosso presidente identifica o relacionamento político em amplo espectro. O fato de o ex-presidente Bush eventualmente fazer considerações contrárias ao atual presidente não inviabiliza que Bolsonaro vá ao encontro”, disse o porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros.


O presidente brasileiro irá encontrar, além de Bush, o governador do Texas, Greg Abbot, o prefeito de Dallas, Mike Rawlings, e o senador Ted Cruz. No dia seguinte, quinta-feira (16), Bolsonaro será homenageado como a “Pessoa do Ano” pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.


Blasio x Bolsonaro


Bolsonaro seria homenageado em Nova York, nesta terça-feira (14), com o prêmio “Pessoa do Ano”, dado pela Câmara de Comércio Brasil-EUA, em um jantar de gala. O presidente, no entanto, cancelou a viagem depois de sofrer pressão por parte de empresas, que desistiram de patrocinar o evento, e de políticos.


O prefeito de Nova York, democrata Bill de Blasio, fez duras críticas ao presidente brasileiro. “Se você quer invadir nossa cidade e se gabar de destruir o meio ambiente, ou sobre como você é um homofóbico orgulhoso, então os nova-iorquinos te criticarão por sua porcaria”, disse.


Por sua vez, Bolsonaro disse que Blasio "se queimou" na corrida presidencial norte-americana e que "fez sabotagens" à homenagem que lhe seria feita.


Assim que soube da desistência da viagem, Blasio comemorou. “Jair Bolsonaro acabou de aprender, da maneira mais difícil, que os nova-iorquinos não fecham os olhos para opressão. Nós denunciamos sua intolerância. Ele fugiu. Não é uma surpresa – os valentões não aguentam um soco. Bolsonaro, seu ódio não é bem-vindo aqui”, comentou.


O cancelamento oficial da viagem ocorreu na sexta-feira (3). Segundo o porta-voz da Presidência, o motivo do cancelamento seria a “ideologização da atividade”. Cinco dias depois, na quarta-feira (8), Bolsonaro bateu o martelo e disse que receberia a homenagem, mas desta vez realizada em Dallas, município de 1,3 milhão de habitantes localizado no Texas, Estado composto pela maioria de republicanos. O prêmio, por sua vez, será entregue na quinta-feira (16), durante um almoço oferecido pelo World Affairs Council.


Bolsonaro, que deve voltar ao Brasil sexta-feira (17), não irá sozinho. Ele irá levar uma comitiva com dez pessoas. São eles: ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, ministro da Economia, Paulo Guedes, ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, ministro chefe da Secretária de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, os governadores João Doria (PSDB), de São Paulo, e Gladson Cameli (PP), do Acre, presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, secretário executivo da Casa Civil, José Vicente Santini, e os deputados Hélio Lopes (PSL-RJ) e o Marco Feliciano (PODE-SP) — Doria, não irá no mesmo voo, uma vez que já se encontra nos Estados Unidos.


Quer receber em primeira mão as principais notícias do dia? Sugerir uma pauta? Entre em contato conosco!


Zap (63) 9 8118-6018


Email: [email protected]


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados