Sudoeste do Estado

Agente penitenciário se mata a tiro no sudoeste do Tocantins

Celio Marinho ingressou na Secretaria da Cidadania em março deste ano e tirou a própria vida após um acidente com carro particular, depois de participar de evento de 7 de Setembro em Araguaçu

08/09/2019 11h39
Por: Redação Sou de Palmas - A sua fonte de notícias!
40.665
Imagem divulgação WhatsApp
Imagem divulgação WhatsApp

O Agente de Execução Penal Celio Ribeiro Marinho, lotado na Cadeia Pública de Formoso do Araguaia, a 303 km de Palmas, sudoeste do Estado tirou a própria vida com um disparo de arma de fogo na tarde desta sexta-feira, 7.

O secretário de Cidadania e Justiça, Heber Fidelis, confirmou a morte, mas ressaltou que as circunstâncias em que o agente morreu não estão claras. “Ainda não sabemos como ocorreu, tudo leva a crer que foi suicídio, mas, nada confirmado”, explica. Segundo Fidelis, o agente era apontado pelos colegas como uma pessoa muito feliz e tranquila.

Marinho atuou como balconista em Gurupi antes de ingressar no serviço público. Aprovado no último concurso da Seciju, tomou posse no dia 19 de março deste ano.

Áudios compartilhados por colegas dele no Whatsapp com informações preliminares afirmam que o agente e uma equipe da Cadeia de Formoso participaram das festividades deste dia 7 de Setembro em Araguaçu e depois houve uma confraternização fora da cidade. O agente então teria apanhado um veículo particular para ir à cidade e se envolvido em um acidente com o carro. O tiro teria sido dado em seguida.

Segundo os relatos, ninguém sabe dizer se ele estava passando por problemas particulares a ponto de provocar o acidente com carro para se matar ou se tirou a vida após acidente em que o carro ficou muito danificado.

 

*Com informações, Jornal do Tocantins.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.