Sou de Palmas
incêndio

PARÁ: Fogo volta a atingir Alter do Chão após governo anunciar que incêndio foi controlado

Floresta está queimando desde sábado (13). Governador Helder Barbalho informou que pediu ajuda federal para combater as queimadas.

16/09/2019 13h05Atualizado há 1 mês
Por: Redação Sou de Palmas - A sua fonte de notícias!
212
Divulgação / Sou de Palmas
Divulgação / Sou de Palmas

Um incêndio voltou a atingir a Área de Proteção Ambiental (APA) de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, após o governo anunciar que as chamas haviam sido controladas neste domingo (16). O fogo começou no sábado (14), mas, até a última atualização desta reportagem, os bombeiros não haviam informado o tamanho da área atingida.

Na tarde de domingo, antes das 17h, o governo estadual informou que o incêndio na mata conhecida como Capadócia, entre a vila de Alter do Chão e a localidade de Ponta de Pedras, também em Santarém, estava controlado. No entanto, cerca de duas horas depois, um novo foco de incêndio foi encontrado pelos bombeiros na região.

Alter Chão é uma vila balneária distante 37 quilômetros por via terrestre de Santarém, oeste do Pará, e a 1.373 quilômetros da capital do estado, Belém. O balneário é o principal ponto turístico da região, conhecido como Caribe da Amazônia. Uma das atrações mais procuradas é a Ilha do Amor, de areia branca e água nos tons verde-azul.

O fogo atingiu uma área de mata perto da margem do rio Tapajós. Segundo o governo do estado, a previsão é que no início desta tarde chegue um avião-pipa e 40 militares do Exército que deverão ajudar no combate às chamas.

Um inquérito deve ser instaurado para apurar se houve ação criminosa para iniciar as queimadas.

"Moradores de Ponta de Pedras conhecem bem uma estrada que faz atalho para Alter do Chão. Nós vamos entrar com uma equipe por essa estrada, e vamos também por água, com auxílio de lancha, levar outra equipe o mais próximo possível de onde as chamas estão concentradas", detalhou Ney Tito.

De acordo com dados do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), entre 1° de julho a 15 de setembro deste ano, todo o município de Santarém, onde Alter está localizado, teve um aumento de 160% no total de focos de queimadas na comparação com o mesmo período de 2018.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Sou de Palmas
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Banner sessão cidades
Anúncio