Atuação parlamentar

Vereador Moisemar Marinho defende a criação de piso salarial para conselheiros tutelares de Palmas

Para o parlamentar, o momento em que se discute a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO), para o exercício financeiro de 2020, é oportuno para que os vereadores discutam esse direito.

28/11/2019 14h05
Por: Redação Sou de Palmas - A sua fonte de notícias!
170
Foto: Aline Batista/Câmara Municipal de Palmas
Foto: Aline Batista/Câmara Municipal de Palmas

Em audiência pública nesta quinta-feira, 28, que reuniu conselheiros tutelares da Capital, o vereador Moisemar Marinho (PDT) sugeriu a criação de piso salarial para a categoria e reforçou a importância da valorização dos profissionais em razão dos esforços desempenhados ao zelar pelos direitos das crianças e adolescentes de Palmas.

Segundo Moisemar, os profissionais trabalham sem definição de carga horária. Dessa forma, há a necessidade de criação de um Plano de Cargos e Carreiras para o exercício da função. “São pessoas que trabalham diuturnamente, em prol das crianças e adolescentes, correm riscos e não possuem, sequer, um piso salarial”, disse.

Para o parlamentar, o momento em que se discute a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO), para o exercício financeiro de 2020, é oportuno para que os vereadores discutam esse direito. “Esse parlamento não pode se furtar da responsabilidade de trazer essa discussão para a Câmara Municipal. É uma carreira justa que precisa ser respeitada e valorizada”, afirmou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.