O encerramento de um ciclo de estudos é um marco na vida dos estudantes.  Mesmo com as restrições impostas pelo atual cenário pandêmico, o Colégio Estadual São José, de Palmas, encontrou uma forma de celebrar a conclusão das turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que terminaram o ensino médio neste ano. Com muito capricho e cuidado, os servidores da unidade escolar organizaram, último dia 27, a formatura Drive Thru para os 48 concluintes.

Sem gerar aglomeração e seguindo todas as medidas de higiene e distanciamento, a unidade de ensino promoveu um breve momento para que os alunos passassem no pátio da escola para receber o certificado de ensino médio e registrar a conquista.

Drive Thru foi pensando como uma forma de homenagear os nossos estudantes da EJA, com o objetivo de reconhecer o esforço desses alunos que foram perseverantes com os estudos, mesmo diante das dificuldades. Com a conclusão do ensino médio eles estão aptos a buscar o acesso ao ensino superior e melhores colocações no mundo do trabalho. Foi um momento emocionante para os estudantes e para nós que acompanhamos essa trajetória de dedicação de cada um deles”, relatou o gestor do colégio, José Antônio da Gama.

Para quem conclui o ensino médio, o sentimento é de expectativa para alcançar voos mais altos. Elizânia Ferreira da Silva, de 32 anos é uma das formandas da EJA. Ela conta que esteve fora da escola por 10 anos e que voltar a estudar trouxe um novo ânimo para a sua vida. “Fiquei muito tempo sem estudar. Agora quero recuperar o tempo perdido e entrar para a faculdade de enfermagem. Estou muito feliz em ter conseguido voltar a estudar”, revelou.

Elizânia contou que foi surpreendida com a comemoração inusitada. “Foi bem diferente. Não esperava que tivesse formatura. Mesmo que a gente pense em festa, com muitas pessoas, com a família reunida, essas coisas, agora não é hora disso. Foi muito bom. Sei que muitas pessoas não tiveram essa oportunidade. E essa é só uma das muitas conquistas que ainda virão. Sou muito grata por ter estudado no Colégio São José”, disse empolgada.

EJA

Na rede estadual, a Educação de Jovens e Adultos atende cerca de cerca de 12.868 alunos nos segmentos que correspondem ao ensino fundamental e médio. Esta modalidade possui currículo diferenciado e busca elevar o nível de escolaridade de pessoas com mais que estejam fora da escola.

Ofertada a pessoas que não tiveram acesso aos estudos no ensino fundamental ou ensino médio, em idade ideal, a EJA matricula estudantes a partir dos 15 anos de idade, para o segundo segmento, que corresponde ao ensino fundamental, e a partir dos 18 anos de idade, para o terceiro segmento, equivalente que o ensino médio regular.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui