Divulgação

Cerca de 200 alunos da Escola de Tempo Integral (ETI) Luiz Nunes Pereira, localizada no distrito de Buritirana, receberam kits escolares na manhã desta quinta-feira, 06. Os kits foram entregues pela Guarda Metropolitana de Palmas, através da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), dentro da programação especial em alusão ao 27º aniversário da corporação, registrado no dia 09 de fevereiro. Ainda dentro da programação, às 16h30, será feito plantio de muda frutífera de forma simbólica na Praça dos Povos Indígenas, e na área verde das imediações do Colégio Militar. A Orquestra Jovem de Palmas deve marcar presença, tocando os grandes sucessos da MPB e Internacional.

Participaram da entrega dos kits escolares a superintendente da Guarda Metropolitana de Palmas, Letícia Bordin, o diretor da ETI Luiz Nunes Pereira, Ademir Bandeira, membros do grupamento da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), e da equipe do Guardião Escolar, e representantes da Secretaria Municipal de Educação do Município, além da comunidade escolar.

Para a comandante da Guarda Metropolitana de Palmas, Letícia Bordin, a entrega dos kits escolares representa os valores que a instituição defende. “Nós estamos cuidando de um patrimônio que representa nosso futuro, pois é através da educação e do ensino que iremos formar futuros cidadãos de bem”, disse.

A aluna Lara Letícia Costa, 9 anos, estava feliz ao receber seu kit escolar, contendo caderno, canetas de cor, borracha, apontador e portas-caneta. “Vou usar o que precisar este ano e guardar para o próximo ano o que não precisar”, disse.

O diretor da Escola de Tempo Integral, Ademir Bandeira, parabenizou a iniciativa da GMP. “Esta iniciativa vai fazer a diferença na vida de muitas crianças, pois, algumas são de famílias carentes e não estavam frequentando a escola por dificuldades financeiras em comprar o material”, concluiu.

Para a superintendente de Avaliação e de Desempenho Educacional do Município, Anice de Souza Moura, a iniciativa da GMP é digna de elogio. “A entrega dos kits escolares aos alunos fez com que eles se sentissem muitos valorizados, pois estão recebendo algo de muito valor para seus estudos”, disse.

O comandante da Romu, Antônio Lourenço de Amorim Junior, descreveu o sentimento de todos os colegas da GMP em relação à doação do material escolar. “Soubemos que alguns alunos não estavam vindo para escola por não ter como adquirir o material escolar, então desenvolvemos essa ação com toda equipe e parceiros da comunidade para incentivá-los a manter-se nos estudos,” disse.

O estudante do 9º ano, Luiz Arthur, 12 anos, disse que precisava muito do material e já faz planos para o futuro. “Eu estava sem caderno, estava usando um do ano passado, esse kit vai ser bem utilizado, pois vou estudar o ano todo para participar do Projeto de Feira de Ciência em São Paulo e em Santa Catarina”, disse.

Divulgação
Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui