Divulgação

O Boletim Epidemiológico de Palmas desta sexta-feira, 12, informa 11 novos diagnósticos positivos para Covid-19 no município, que conta com 921 casos acumulados da doença. Do total de casos confirmados, 243 possui alguma comorbidade ou risco para agravamento da doença. Os dados compilados pelo O Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE Palmas).

Os números apontam que a Capital tem, após 91 dias de monitoramento, 7.990 notificações para síndrome gripal (SG), as quais estão incluídos casos suspeitos do novo coronavírus, sendo que 3.598 tiveram diagnóstico descartado para a doença.

A respeito dos cinco casos divergentes no Boletim do Estado desta sexta, a Vigilância Epidemiológica explica que um era caso do município de Palmas e já havia sido computado anteriormente, já os outros quatro casos foram requisitados pelo município de Barrolândia.

Do total de casos confirmados acumulados, 361 (39,2%) cumprem isolamento domiciliar e 17 (1,8%) estão internados. O número de pacientes em tratamento é inferior aos recuperados, que somam 533 (57,9%) pessoas. A Capital registrou dez óbitos, número que faz com que a taxa de letalidade seja de 1,1%.

Já de 11 casos confirmados no Boletim desta sexta, todos cumprem isolamento domiciliar e um possui algum comorbidade ou risco para agravamento da Covid-19. Sobre possível origem do contágio, a Vigilância Epidemiológica informa que três pacientes tiveram contato com casos confirmados em Palmas, um viajou para outro estado, cinco se contaminaram por forma comunitária e dois casos estão em investigação epidemiológica.

Já sobre possível origem de contágio dos 921 casos acumulados da doença, 450 (48,9%) pacientes podem ter se contaminado de forma comunitária, 343 (37,2%) em contato com caso confirmado em Palmas, 74 (8%) após viajar para outros estados, 45 (4,9%) em viagem ou contato com caso confirmado de outro município do Tocantins, sete (0,8%) em viagem ao exterior, e dois casos (0,2%) em investigação epidemiológica.

Testes

Na última rotina de exames, nesta quinta-feira, 11, a Vigilância expõe que 61 testes foram realizados. O Laboratório Central do Estado (Lacen-TO) fez 42 testes, sendo que sete tiveram diagnóstico positivo. A rede privada realizou 19 testes e quatro tiveram diagnóstico positivo. O Laboratório Municipal não funcionou na quinta, que foi feriado de Corpus Christi.

Estado de saúde

Dos 17 pacientes hospitalizados com Covid-19 residentes da Capital, dez são estáveis e sete são graves. Há 12 pessoas de Palmas internadas com suspeita da doença no município, todos estáveis. O Boletim também traz informações de pacientes de outras localidades. Com a doença, há 21 internados em Palmas, sendo 13 graves e oito estáveis. Há cinco pacientes de outras localidades internados com suspeita de Covid-19 em Palmas, sendo três estáveis e dois graves.

Leitos

A taxa de ocupação hospitalar em Palmas é de 45,08%. Na Capital há leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) utilizados exclusivamente para o tratamento da doença na rede pública e privados. Na rede pública, a Capital possui 27 leitos clínicos exclusivos para casos de Covid-19 na rede pública, dos quais 17 (63%) estão disponíveis e dez (37%) estão ocupados. Os hospitais privados somam 31 leitos de UTI para Covid-19, desses, 17 (54,8%) estão disponíveis e 14 (45,2%) estão ocupados.

Já em relação aos leitos para pacientes graves com Covid-19, a rede pública dispõe de 18 leitos de UTI, dos quais dez (55,6%) estão livres e oito (44,4%) encontram-se ocupados. Os hospitais privados somam 25 leitos de UTI para Covid-19, desses, 17 (54,8%) estão ocupados e 14 (45,2%) estão disponíveis.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui