Divulgação

No boletim divulgado nesta terça-feira (14/07), Palmas registra a 27ª morte causada por Covid-19. O paciente é  um idoso de 78 anos que estava internado em um leito público de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Capital. Segundo a Vigilância Epidemiológica, o paciente sofria de hipertensão. A taxa de letalidade do município é de 0,9%.

Após realizar 474 testes na última rotina de exames para detectar a doença, a Capital registrou mais 129 casos da enfermidade e soma, agora, 3.019 casos acumulados de Covid-19. Desse total, 1.799 estão recuperados, 1.176 cumprem isolamento domiciliar e 17 pacientes estão internados. O Boletim Epidemiológico informa que o município contabiliza 17.529 notificações para síndrome gripal, sendo 7.239 descartadas para o novo coronavírus.

Dos 129 novos casos informados nesta terça-feira (14), 21 possuem comorbidades e cinco possuem fatores de risco declarados. Sobre a provável fonte de transmissão, 110 casos estão em investigação epidemiológica, dez tiveram contato com caso confirmado em Palmas e nove infectaram-se por transmissão comunitária. A respeito da situação atual dos pacientes, 127 cumprem isolamento domiciliar, um paciente encontra-se internado e outro veio a óbito.

A Vigilância Epidemiológica alerta que a Capital ultrapassou nesta terça-feira,14, o índice de incidência por 100 mil habitantes do Estado. Enquanto o Tocantins tem 1.000 casos de Covid-19 para cada 100 mil habitantes, Palmas conta com 1.009 casos para cada 100 mil habitantes. Diante do aumento, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) ressalta o reforço do cumprimento das medidas de isolamento social e as medidas de segurança sanitária preconizadas pelos órgãos de saúde.

Testes

Na Capital foram realizados 474 testes na última rodada de exames. O o teste de rastreio é aplicado em servidores da saúde, segurança pública e sistema prisional e tem o intuito de apontar novos casos e quantidade de pessoas que já tiveram contato com o novo coronavírus na Capital. O Laboratório Municipal de Palmas realizou 206 testes para rastreio e 13 pacientes tiveram diagnóstico positivo.

Para diagnóstico foram realizados 268 testes. O Laboratório Central do Estado (Lacen-TO) testou 49 pacientes e 22 tiveram diagnóstico positivo. O Laboratório Municipal fez 194 exames e 90 resultados foram negativos. A rede privada testou 25 pessoas e 17 tiveram resultado positivo para a doença.

Internações

Até esta segunda-feira, 13, a taxa de ocupação hospitalar de Palmas era de 56,82%. Em referência aos leitos clínicos públicos e privados da Capital, 57,79% encontram-se ocupados. Já a taxa de ocupação dos leitos de UTI públicos e privados é de 59,32%.

Estado de saúde

Em Palmas há 17 pacientes residentes do município internados com Covid-19, sendo que 13 são estáveis e quatro são graves. Há 19 residentes da Capital suspeitos para a doença internados na cidade. O Boletim Epidemiológico também informa sobre pacientes de outras localidades internados em Palmas. Com a doença são 27, sendo 21 graves e seis estáveis, além de outros sete pacientes internados suspeitos para a enfermidade.

Contágio

Quanto às possíveis fontes de contágio dos casos acumulados, o Boletim expõe que 1.423 (47,1%) contaminaram-se por transmissão comunitária, 1.258 (41,7%) tiveram contato com casos confirmados em Palmas, 115 (3,8%) foram infectados após viagem ou contato com casos de outros estados, 110 (3,6%) estão em investigação epidemiológica, 106 (3,5%) contraíram o vírus após viagens para o interior do Tocantins e sete (0,2%) estiveram em viagem no exterior.

Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui