Palmas ultrapassou em 2020 a marca de 300 mil habitantes pela primeira vez desde que foi fundada, em 1989. É o que informou nesta quinta-feira (27) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A capital do Tocantins possui agora uma população projetada de 306.296 pessoas. O número é 2,4% maior que o registrado na projeção de 2019, quando a cidade aparecia com 299.127 habitantes.

A taxa de crescimento de Palmas é a segunda maior entre as capitais. A única que apresentou um número mais alto foi Boa Vista (RR), que viu a população aumentar 5,12% em um ano. Mesmo assim, Palmas segue sendo a capital estadual menos populosa do Brasil.

O ritmo de crescimento da cidade está acima da média nacional, que foi de 0,77%. O estado como um todo agora possui uma população projetada de 1.590.248 pessoas, sendo o quarto menos populoso do país.

O ranking das cinco maiores cidades do Tocantins permanece inalterado, com Palmas na liderança seguida por Araguaína (183,3 mil), Gurupi (87,5 mil), Porto Nacional (53,3 mil) e Paraíso do Tocantins (51,8 mil).

Duas cidades no estado continuam a ter menos de 1,5 mil habitantes. São elas Oliveira de Fátima, com 1.118 pessoas e Chapada de areia, com 1.410. Oliveira de Fátima inclusive aparece na lista das menores cidades do Brasil, na quinta colocação.

A estimativa da população é atualizada anualmente pelo IBGE e os dados são utilizados pelo Governo Federal para calcular a quantidade de recursos que serão enviados para cada localidade através do Fundo de Participação de Estados e Municípios. Também serve de base para o cálculo de indicadores sociais.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui