A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro assinou na tarde desta quarta-feira, 08, a lista com as 500 famílias aprovadas para receberem as casas do Residencial Jardim Vitória I. A documentação foi aprovada por meio de auditorias da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) e da Caixa Econômica Federal e agora segue para o sorteio dos endereços. Os endereços serão conhecidos nesta sexta-feira, 10, às 14 horas, em uma live que será transmitida nos canais oficiais da Prefeitura de Palmas. Já a lista com os nomes dos candidatos habilitados está disponível na página da Secretaria de Habitação e pode ser conferida aqui.

Os selecionados do empreendimento Jardim Vitória I são famílias que atendem critérios do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) – Faixa I. A gestora agradeceu o empenho de toda a equipe da Sehab e destacou que Palmas deve fechar 2020 com número expressivo no que diz respeito a habitação de fim social. “Tenho a grata a satisfação de dizer que vamos concluir este ano entregando mais de  duas mil casas. Hoje estamos repassando os documentos dos selecionados para a Caixa Econômica e logo após o sorteio dos endereços, nos preparamos para a entrega das unidades para as famílias. A nossa meta agora é o Recanto das Araras II e Santo Amaro”, comemorou.

De acordo com o secretário de Habitação, Fábio Frantz, a previsão é que as chaves das unidades habitacionais sejam entregues para os moradores até o fim deste mês. “Após os sorteios dos endereços vamos apresentar um cronograma das vistorias das unidades, cada família fará a vistoria do imóvel do qual foi sorteado para verificar se as condições previstas no projeto foram cumpridas. Em seguida, as famílias irão assinar o contrato com a Caixa e as casas devem ser entregues, caso o processo ocorra dentro do prazo previsto, até a última semana de julho”, ressaltou.

Jardim Vitória I

Cada lote do empreendimento tem 180 m² com uma casa de 44,58 m² de área construída dividida em dois quartos, sala integrada à cozinha, banheiro e área de serviço. O investimento unitário é de R$ 80 mil, incluído neste total, a aquisição do terreno, bem como a infraestrutura completa como terraplenagem, drenagem pluvial, rede de esgoto, rede de água, pavimentação, placa solar, paredes de concreto e estrutura com aço galvanizado, calçadas com acessibilidade, sinalização viária e iluminação das vias em LED.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui