Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc), prendeu na tarde dessa segunda-feira, 2, em Araguaína, na região norte do Estado, um homem e uma mulher, suspeitos de coordenar o armazenamento de entorpecentes. O casal foi abordado quando entrava em uma residência localizada no bairro Monte Sinai, em Araguaína.

Segundo o delegado José Anchieta de Menezes, durante a abordagem, foram apreendidos 10 kg de substância análoga à maconha, balança de precisão, além de dispositivos eletrônicos. A droga seria, de acordo com a polícia, de um homem que já havia sido preso por tráfico e associação para o tráfico. “Com base em denúncias, os policiais passaram a averiguar a residência e, na tarde dessa segunda-feira, abordaram o casal no momento em que eles adentravam no local”, afirmou.

Ainda conforme o delegado, o homem seria parente do proprietário do entorpecente, que até o momento encontra-se foragido. Após os procedimentos habituais, o homem foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína e a mulher para a unidade prisional feminina de Babaçulândia.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui