Divulgação

Dois homens de 24 e 34 anos foram presos em Araguaína, na região norte do Tocantins, após serem flagrados com vários materiais ilícitos em um estúdio clandestino de tatuagens. De acordo com a Polícia Militar (PM), com eles foram encontrados uma motocicleta roubada, um pé de maconha e até carne de animal silvestre.

A prisão aconteceu nesta terça-feira (31) no setor Palmas durante patrulhamento da polícia. O veículo estava com um jovem de 24 anos estacionado na frente de uma casa. Pela placa, os policiais confirmaram que havia registro de roubo. Ele disse que o automóvel era de outro homem que estava dentro da residência.

Ao entrar no local, a polícia fez buscas e descobriu que o espaço era usado clandestinamente para fazer tatuagens de forma ilegal. Na casa foi encontrada uma sacola com carne de caititu, a planta usada para fazer porções de drogas e um pacote pequeno de maconha.

Os dois suspeitos foram levados para a Central de Flagrantes de Araguaína junto com os materiais que foram apreendidos.

Após o flagrante uma equipe da Polícia Militar Ambiental foi chamada ao local para o registro da ocorrência de crime ambiental e a Vigilância Sanitária para verificar as condições do ambiente usado como estúdio de tatuagem.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui