Divulgação

Em menos de 24 horas cão farejador da Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontra mais de 20kg de drogas na BR-153, em Paraíso do Tocantins. Na tarde desta terça-feira (24), um homem de 40 anos foi preso após ser abordado com mais de 11kg de maconha dentro de um ônibus interestadual, a droga estava escondida dentro de uma caixa de sapato e uma bolsa de mão.

O último flagrante aconteceu na manhã desta terça-feira (24) durante uma ação conjunta da PRF e do Grupo de Operações com Cães (GOC) da Polícia Militar (PM). As equipes abordaram o veículo na altura do km 497. Ao entrar no ônibus e passar entre os assentos, o animal sentiu o forte cheiro da droga e indicou a presença do entorpecente.

Segundo a polícia, primeiro Sniper foi até uma caixa de sapatos que estava escondida atrás da última poltrona do veículo. Na embalagem foi encontrado um tablete de maconha que pesava 1,4 kg.

Depois o cão foi até uma mala que estava sob outra poltrona. Na bolsa foram encontrados mais 13 tabletes da mesma droga, pesando 10 kg.

Durante o flagrante, testemunhas disseram que um passageiro mudou de poltrona assim que as equipes de policiais abordaram o ônibus. Segundo eles, o homem estaria sentado onde a mala de mão estava. As equipes conseguiram identificar o dono da droga, que foi preso.

O condutor e o cobrador do ônibus informaram aos policiais que, ao embarcar, o suspeito não aceitou que etiquetassem sua mala. Apesar de ter negado, o passageiro foi preso e levado para uma delegacia da Polícia Civil junto com os 11,4 kg de maconha apreendidos.

O suspeito de tráfico de drogas afirmou que não transportava nenhum tipo de entorpecente e que estava viajando de Uberlândia (MG) para São João Batista (MA).

Esta é a segunda apreensão de maconha feita na região em menos de 24 horas. Nos dois casos os tabletes foram encontrados em ônibus após o cão Sniper farejar as drogas. Na tarde desta segunda-feira (23) o animal apresentou comportamento diferente mesmo com o bagageiro do veículo ainda fechado. Durante revista, 10 kg de maconha foram achados dentro de um forno elétrico que era transportado como encomenda.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui