Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (11), a Polícia Federal cumpre três mandados de busca e apreensão em operação para impedir uma suposta compra de novos por meio de aplicativos em Araguaína, região norte do estado.

A investigação começou após a PF tomar conhecimento de que um vereador estaria prometendo pagar R$ 200 para cada pessoa que votasse no candidato recomendado. A proposta teria sido feita em um grupo de aplicativo denominado: Unidos Venceremos.

Os mandados foram expedidos pela 001ª Zona Eleitoral de Araguaína. São 12 policiais federais participando da operação. A Polícia Federal não informou quem são os alvos da investigação.

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, compra de votos e falsidade ideológica eleitoral. De acordo com a polícia, o nome da Operação Desunidos faz alusão ao grupo de aplicativo criado para troca de informações e agenciamento ilícito de eleitores.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui