Divulgação

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da 1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis de Araguatins (DEAM-V), cumpriu nesta segunda-feira, 17, mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 40 anos. O suspeito foi preso em sua própria casa.

Segundo o delegado Edson José Lobato, responsável pelo caso, o indivíduo é suspeito pela prática do crime de Estupro de Vulnerável praticado contra a filha biológica de 11 anos. O abuso ocorreu ainda em 2019 e foi denunciado pelos familiares da vítima depois que a escola onde ela estudava percebeu que ocorria alguma coisa estranha e orientou a família a tomar providências.

“Os professores acionaram os familiares da vítima, pois perceberam que a criança havia passado mal durante uma aula e, ao observarem o comportamento da aluna, viram que ela estava muito quieta, retraída e caminhando de forma estranha”, explicou o delegado ao completar que a família procurou a equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAM-V).

O delegado informa que, em razão dos fatos, a investigação foi iniciada e foi constatado, por meio de exames periciais, que a criança de fato foi abusada sexualmente, sendo o pai o principal suspeito. Ainda de acordo com as investigações, o crime teria ocorrido na própria casa da família, no ano de 2019. Em continuidade às investigações, o delegado representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão do acusado, a qual foi deferida. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem foi recolhido à Cadeia Pública de Araguatins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui