Divulgação

Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis de Araguatins (DEAMV) e em parceria com a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, cumpriu nessa quinta-feira, 13, mandado de prisão preventiva de um homem de 66 anos.

O idoso é suspeito pela prática do crime de estupro de vulnerável e encontrava-se foragido. Devido às investigações realizadas pela Polícia Civil do Estado do Tocantins, foi localizado e preso no município de Poços de Caldas, em Minas Gerais.

De acordo com o delegado Edson José Lobato, responsável pelo caso, o autor possui contra si mandado de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. “Após tomar conhecimento de que o autor abusava de sua neta dos nove anos até a idade de 16 anos, foi instaurado inquérito policial para investigar o caso, até decidirmos pela representação da prisão. Inclusive, o caso veio à tona por ele ter engravidado a menor”, disse o delegado.

A autoridade policial relata que todos os esforços foram envidados pela Polícia Civil para localizar o paradeiro do suspeito, que havia fugido para o Estado de Minas Gerais e que a integração com a polícia mineira foi decisiva para que sua prisão fosse efetuada.

Segundo o delegado, o suspeito foi recolhido ao Presídio de Poços de Caldas e, em breve, deverá ser recambiado para Araguatins.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui