Durante fiscalização de rotina promovida na manhã de sexta-feira, (22), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recolheu um animal no km 194 da BR-153, em Nova Olinda/TO.

Trata-se de um folivora, popularmente conhecido como “bicho-preguiça”. A equipe observou que o animal, que estava na pista, quase fora atropelado, tendo então recolhido o mesmo e levado para local seguro, no seu habitat natural e afastado da rodovia. (Veja o vídeo no final da matéria)

A PRF alerta sobre o risco de animais silvestre que muitas vezes cruzam a rodovia, eles tentam passar de um lado para outro para se abrigar ou em busca de alimento, fator que muitas vezes provoca o atropelamento.

Vale dizer que o atropelamento de animais silvestres ainda é muito comum, e isso ocorre exatamente por as rodovias conectarem as mais diversas localidades do país, o qual possui dimensões continentais. Logo, as rodovias atravessam extensas áreas naturais, cruzando todos os biomas brasileiros, o que torna os atropelamentos de animais silvestres, até certo ponto, inevitáveis. Não obstante, o condutor deve estar sempre atendo para evitar que o atropelamento ocorra, impedindo assim lesão ao animal e eventuais danos materiais.

Assim, é sempre válido lembrar aos condutores de que uma vez avistado um animal sobre a pista ou às margens desta, reduza a velocidade e jamais buzine – pois o animal pode assustar. Assim que possível, contate a PRF para que esta possa adotar as medidas cabíveis.

Em caso de emergência, ligue 191.

Fonte: Ascom PRF.

 

Comentários do Facebook