Terminou por volta das 10h, desta segunda-feira (27), a greve de fome do ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB). O ex-gestor se acorrentou em frente à sede da Superintendência da Controladoria-Geral da União (CGU), po volta das 5h da manhã, e disse que só deixaria o local após um esclarecimento sobre a Operação Carta Marcada, da Polícia Federal (PF), da qual foi alvo e alega inocência. Para se acorrentar, Amastha usou dois cadeados, um numa árvore e outro na perna.

Um vídeo publicado nas redes sociais, Amastha é filmado sendo atendido pelo superintendente da CGU, Leandro da Cruz Alves. Após o ex-prefeito falar, o representante do órgão afirmou que ”a CGU trabalha de forma técnica e não entra em meandros políticos”. Veja o vídeo abaixo na íntegra:

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui