Divulgação

As eleições municipais no Tocantins elegeram 14 políticos quilombolas: um prefeito, três vices e 10 vereadores. Eles foram eleitos em nova cidades diferentes. É o que aponta os dados da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), que também aponta que o estado está entre os que mais escolheram representantes negros que também fazem parte de comunidades tradicionais. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não faz a contagem.

Segundo o Conaq, em todo o Brasil foram registradas cerca de 500 candidaturas quilombolas. Do total, 81 foram eleitos no primeiro turno, em 15 de novembro. Inicialmente a Conaq havia identificado apenas um prefeito quilombola: Vilmar Kalunga (PSB), em Cavalcante, Goiás.

Dias depois o segundo foi mencionado. Trata-se de Elio Dionízio (PTB), que foi eleito prefeito de Chapada da Natividade. Ele tem 46 anos e teve 68,99% dos votos na cidade. Elio é solteiro, tem ensino médio completo e declara ao TSE a ocupação de servidor público municipal e um patrimônio de R$ 25 mil.

Os eleitores de Chapada da Natividade também escolheram quatro parlamentares para ocupar as cadeiras na Câmara Municipal.

Já os outros seis vereadores foram escolhidos em cinco municípios. Veja a lista abaixo.

Conforme a Conaq, os três vices eleitos no estado são: João Filho Fotógrafo (PSD), que tem 45 anos e foi eleito vice-prefeito de Muricilândia, Welton Gama (Cidadania), que tem 39 anos e será vice em Santa Fé do Araguaia e Gercimar (Avante), de 51 anos, eleito vice em São Félix do Tocantins.

Vereadores quilombolas eleitos no Tocantins

  • Gederson Moreira (Professor Gordão), da comunidade Malhadinha eleito em Brejinho de Nazaré
  • Nelzair, da comunidade Lajinha, eleito em Porto Alegre do Tocantins
  • Joana da comunidade São Joaquim, eleita em Porto Alegre do Tocantins
  • Enivaldo Borges, da comunidade Dona Juscelina, eleito em Muricilândia
  • Zuraildes Matos da Silva, da comunidade Mumbuca eleita em Mateiros
  • Herlia Cristina, da comunidade Kalunga do Mimoso, eleita em Arraias
  • Henrique Maurício Pereira, da comunidade São José, eleito em Chapada de Natividade
  • Armando Pinto de Almeida, da comunidade Chapada de Natividade, eleito em Chapada de Natividade
  • Advan Dionisio, da comunidade Chapada de Natividade, eleito em Chapada de Natividade
  • Edivando Domingos, da comunidade Chapada de Natividade, eleito em Chapada de Natividade

Cida Sousa, coordenadora da Conaq pelo Tocantins, afirmou que atualmente o Tocantins tem 43 Comunidades quilombolas. Ela enxerga as vitórias nas urnas como uma oportunidade de fortalecimento das comunidades e dos municípios.

Segundo Cida, os políticos escolhidos podem aproveitar o espaço para contribuir com as comunidades. “Na questão da regularização dos territórios, da saúde de qualidade, educação de qualidade e que façam atendimentos com as mulheres quilombolas”, explicou.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui