Desde o início da pandemia, mais de 700 funcionários da saúde do Tocantins foram diagnosticados com o novo coronavírus. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), a maioria trabalha no Hospital Regional de Araguaína, cidade com mais confirmações da doença. Até a última quinta-feira (16), 573 destes funcionários já tinham se recuperado. Duas pessoas não resistiram aos sintomas da doença e morreram.

Os dados com a quantidade de trabalhadores doentes foram divulgados em um relatório situacional com análises feitas até a última quinta-feira (16). As 712 confirmações entre servidores representam 4,19% do total de casos confirmados no estado.

A maioria das confirmações ocorreu em hospitais que atendem pacientes com a Covid-19, mas também houve registros em hemocentro, secretarias e anexos. De acordo com a SES, o número leva em consideração somente os funcionários que trabalham em unidades públicas. Veja abaixo onde foram as confirmações.

  1. Hospital Regional de Araguaína – 317 casos
  2. Hospital Geral de Palmas – 109 casos
  3. Hospital Regional de Augustinópolis – 46 casos e uma morte
  4. Hospital Regional de Paraíso – 46 casos
  5. Hospital Maternidade Dona Regina – 37 casos
  6. Hospital de Gurupi – 24 casos
  7. Hemocentro Coordenador de Palmas – 20 casos
  8. Hospital Regional de Porto Nacional – 19 casos e uma morte
  9. Hospital Regional de Xambioá 18 casos
  10. SES (Sede e Anexos) 18 casos
  11. Hospital Regional de Guaraí 17 casos
  12. Hospital Infantil de Palmas 17 casos
  13. Hospital e Maternidade Tia Dedé – 11 casos
  14. Hemocentro de Araguaína – cinco casos
  15. Laboratório Central de Palmas – quatro casos
  16. Hospital Regional de Miracema – três casos
  17. Laboratório Central de Araguaína – um caso

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui