Divulgação

Em reunião de representantes das pastas da Prefeitura de Palmas envolvidas na fiscalização e gestão do enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), realizada na tarde dessa quarta-feira, 15, foram definidas ações de fiscalização a serem realizadas neste final de semana em Taquaruçu e nas praias da Graciosa, do Prata, Caju e Arnos. As ações atendem ao Decreto Nº 1856/20, de março deste ano, quando a Prefeitura iniciou o enfrentamento à pandemia.

As fiscalizações serão conduzidas por fiscais de Obras e Posturas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais e ainda agentes de Trânsito e da Guarda Metropolitana de Palmas. As operações serão contínuas na Capital.

Durante a reunião, o secretário executivo de Segurança e Mobilidade de Palmas, Durval Júnior ressaltou que o objetivo principal da ação é reverter a situação em que Palmas se encontra, ou seja, em um dos piores índices de isolamento social, o que segundo ele é um dado muito preocupante para o município de Palmas.

“Nossa ação é para que haja realmente uma contenção desse ambiente e que a gente possa também continuar com os bons números de baixa letalidade por conta do vírus. Vamos atuar para evitar a circulação de pessoas, e agir de forma enérgica para preservar a vida que é o nosso foco essencial e principal”, ressaltou o secretário.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem), Mila Jaber, o poder público estará sempre agindo, mas com diálogo, como já aconteceu na semana passada. “Esta é mais uma ação necessária pois, as pessoas não estão respeitando os decretos municipais para conter a aglomeração e o distanciamento social, e as normas vigentes. Já fizemos um trabalho para conscientizar, orientar a população para inibir a aglomeração de pessoas, agora nesse final de semana vamos agir energicamente para preservar o bem maior que é a vida”, enfatizou a secretária.

Participaram da reunião representantes de Obras e Posturas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais, Guarda Metropolitana (GMP), Secretaria de Trânsito da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), Agência Municipal de Turismo (Agtur), Secretaria de Infraestrutura ne Serviços Públicos (Seinf) e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego (Sedem).

Denúncias

Atividades irregulares ou aglomerações em estabelecimentos comerciais podem ser denunciadas pelo número 153 ou pela Ouvidoria Municipal pelo telefone 0800-6464-156.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui