Os corpos de Diane Pereira Barbosa, de 23 anos, e Caroline Barbosa, de 2 anos, foram liberados pelo IML de Palmas na manhã deste sábado (29). Mãe e filha foram atropeladas junto com outras duas pessoas na noite desta sexta-feira (28), no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional. O motorista do carro vai responder em liberdade.

As outras duas vítimas do acidente são a cunhada de Diane Pereira e o filho dela. Os dois estão internados e o estado de saúde do menino, que tem apenas seis meses, é considerado gravíssimo.

A Polícia Civil informou que o motorista que provocou o atropelamento é um funcionário público que trabalha na balança estadual. Ele não teve o nome divulgado, mas permaneceu no local e prestou socorro às vítimas chamando as equipes de socorro.

Durante depoimento o homem afirmou que o local do acidente, na marginal da TO-080, não tem nenhuma iluminação e as vítimas estavam no meio da pista. Ele passou pelo teste do bafômetro, que deu negativo para uso de álcool.

O motorista estava com a habilitação em dias, mas teve o carro apreendido porque o documento está atrasado. Após prestar depoimento ele foi liberado para responder ao processo em liberdade.

O velório das vítimas deve ser realizado na casa de parentes, no bairro Portal do Lago, em Luzimangues.

Fonte: G1 Tocantins.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui