Divulgação

Este ano, o Tocantins teve cinco cidades em que os pleitos foram resolvidos com menos de 20 votos de diferença. Em Lizarda, região leste do estado, o primeiro e segundo lugar foram separados por apenas 10 votos.

A ideia de que cada voto importa em uma eleição às vezes fica distante do eleitor, mas em dez cidades a diferença foi inferior a 50 votos e em 17 municípios menos de 100 pessoas definiram a eleição.

No outro lado dessa tabela estão as cidades que tiveram grandes diferenças entre o primeiro e o segundo lugar. Palmas, que é o maior colégio eleitoral do estado, teve uma margem de 27.720 votos para o primeiro lugar.

Paraíso do Tocantins, na região central do estado, teve a segunda maior margem do vencedor, foram 11.221 votos. Mas, sem dúvida, a situação mais confortável nessas eleições foi dos candidatos de Barrolândia e Nova Rosalândia, que concorriam sozinhos na votação e foram eleitos com 100% dos votos.

Veja abaixo a relação das dez cidades que tiveram a maior e a menor diferença de votos:

Menor diferença de votos:

  • Lizarda – 10 votos de diferença
  • Luzinópolis – 13 votos
  • Santa Rita do Tocantins – 14 votos
  • Jaú do Tocantins – 17 votos
  • Pindorama do Tocantins – 17 votos
  • Ipueiras – 24 votos
  • Centenário – 35 votos
  • Aragominas – 36 votos
  • Rio da Conceição – 39 votos
  • Angico – 40 votos

Maior diferença de votos:

  • Palmas – 27.720
  • Paraíso do Tocantins – 11.221
  • Araguaína – 10.641
  • Araguatins – 4.686
  • Tocantinópolis – 3129
  • Gurupi – 3.057
  • Miranorte – 2.674
  • Barrolândia – 2.555
  • Wanderlândia – 2.298
  • Nova Rosalândia – 1.813

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui