As comunidades indígenas da etnia Karajá localizadas na Ilha do Bananal, tem passado por dificuldades devido a quarentena. Seguindo as restrições de isolamento para zelar pela saúde da comunidade, as famílias se encontram impossibilitadas de venderem seus artesanatos.

Por não possuírem outra fonte de renda, os indígenas estão sobrevivendo por meio de doações de cestas básicas. Ongs e simpatizantes com as causas indígenas, resolveram criar vaquinhas online para ajudar na compra de alimentos e objetos de higiene pessoal.

Esses são os links para contribuir com a vaquinha online:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-a-aldeia-fontoura-do-povo-karaja-a-atravessar-a-quarentena

https://www.kickante.com.br/campanhas/combate-ao-covid-19-na-etnia-karaja


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui