Divulgação

Mais de 10 empresas de turismo foram multadas durante o carnaval porque foram flagradas atuando irregularmente no Parque Estadual do Jalapão, no leste do Tocantins. As multas que terão que ser pagas pelos proprietários somam R$ 34 mil. Entre os principais problemas estão documentos veiculares vencidos e a falta de autorização do Instituto Natureza do Tocantins para prestar o serviço.

Como o Jalapão é um parque ambiental, é necessário que o Naturatins autorize a prestação de qualquer tipo de serviço que envolva os atrativos locais. Para circular em áreas como a serra do Espírito Santo, as dunas ou a cachoeira do Formiga, por exemplo, é necessária a permissão.

As 11 empresas autuadas não tiveram os nomes divulgados. O Naturatins disse que mantêm atualizada a lista de transportadoras turísticas autorizadas a atuar no parque no site do instituto. Atualmente são cerca de 90 que estão regulares e podem trabalhar com os visitantes em segurança.

A fiscalização foi intensificada durante o carnaval porque este é um dos períodos de maior movimento no parque. Apenas nas principais atrações, cerca de 1,5 mil turistas passaram no período.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui